Beyoncé inaugura salão de beleza beneficente em Nova York


A cantora Beyoncé corta a faixa que inagura as atividades do seu centro de beleza ao lado da mãe, Tina Knowles, e do prefeito Michael Bloomberg. (Foto: AP)



A cantora americana Beyoncé inaugurou um salão de beleza dentro de um centro para reabilitação para mulheres dependentes químicas em Nova York, para que elas tenham a chance de recomeçar a vida profissional.

A intérprete do hit "Single Ladies" participou da inauguração no bairro nova-iorquino de Brooklyn, na noite de sexta-feira (5), do batizado Beyoncé Cosmetology Center. Dentro do centro social Phoenix House, o salão oferecerá programas educacionais orientados ao mundo da cosmética.

"A toxicomania é uma doença e essas belas mulheres não escolheram ser viciadas, mas sim escolheram se curar e melhorar", disse Beyoncé em um ato no qual defendeu a inclusão da cosmética entre as profissões ensinadas na Phoenix House, porque é algo "mais atraente" para as mulheres. A cantora e atriz, que preparou seu papel do filme "Cadillac Records" nesse centro nova-iorquino, disse que o importante é que "essas mulheres aprendam algo que contribua com habilidades para seguir a vida com esperança", após superarem dependências. No filme ela interpretou a cantora Etta James, que sofreu com a dependência química no passado.

Beyoncé esteve acompanhada por sua mãe, Tina Knowles, que foi proprietária de um salão de beleza no Texas.

Compareceram ao ato o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, e o presidente do distrito do Brooklyn, Marty Markowitz, quem elegeu a cantora oficialmente "filha de Brooklyn", pois ela é casada com o rapper e produtor musical Jay-Z, nascido nesse bairro nova-iorquino.
Compartilhe no Google Plus

Publicidade