Gleisi participa de seminário da Fetranspar

A pré-candidata ao Senado, Gleisi Hoffmann, participou de seminário promovido pela Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Estado do Paraná (Fetranspar), nesta sexta-feira (18), em Curitiba. O evento reuniu representantes do setor, entre eles o presidente da entidade, Luiz Anselmo Trombini, além do secretário de Transportes do Estado, Mario Stamm, que falou sobre a infraestrutura logística e o sistema de transportes paranaense. O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, também ministrou palestra. Dentro do tema proposto para o seminário, “O Paraná no Caminho Certo”, Paulo Bernardo falou sobre o PAC 2 e sua influência na infraestrutura paranaense.

Segundo o ministro, o Brasil está se preparando para ser a 5.ª maior economia do Planeta, ultrapassando, inclusive, os países da Europa, mas para isso precisa continuar investimento em logística, melhorando nossas rodovias, ferrovias, aeroportos e até mesmo hidrovias. "Temos que resolver problemas gravíssimos porque o país ficou muito tempo sem fazer investimentos nesses setores. Ainda tem muita coisa para ser feita, mas o Governo Lula está no caminho certo", destacou. 



 De acordo com o ministro, o PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento) vai investir R$ 18 bilhões para ampliar e melhorar o sistema de metrôs nas grandes cidades, enquanto o setor de aeroportos receberá recursos de R$ 5 bilhões.  Para implantação da terceira pista e ampliação da estação de passageiros do Aeroporto Afonso Pena, em Curitiba, estão previstos recursos de R$ 360 milhões. 

O projeto já está sendo elaborado e em breve entrará em fase de licitação. O Governo Federal também vai investir R$ 150 milhões em hidrovias e até o final do ano deve liberar mais de 12 bilhões para recuperação de rodovias. "O Brasil reaprendeu a fazer investimentos e está se preparando para ser a quinta maior economia do mundo antes do final da próxima década", prevê.

De acordo com o 10.º Balanço do PAC, divulgado recentemente, somente com logística o Governo Federal já aplicou R$ 46,1 bilhões até maio deste ano, dos quais R$ 32,9 bilhões foram investidos em 5.331 quilômetros de rodovia. Na área de ferrovias foram concluídos 356 quilômetros no valor de R$ 1,15 bilhão.

“Com o PAC, o Governo Federal, diretamente e em parceria com estados, municípios e setor privado, investe em energia, habitação, rodovias, ferrovias, portos, saneamento, mostrando capacidade de aumento da produtividade e geração de empregos, fazendo girar a economia do País”, avalia Gleisi Hoffmann. “O Brasil está colhendo os frutos de uma política responsável que combina estabilidade econômica, crescimento de emprego e renda, expansão do crédito e aumento do poder de consumo com a universalização do acesso a serviços públicos e com políticas de inclusão e de redução da desigualdade social e regional”, acrescentou Gleisi.

FETRANSPAR
 A Fetranspar representa a categoria econômica do Transporte de Cargas no Estado do Paraná, compreendendo as entidades que tenham por objetivo a movimentação física de mercadorias e bens em geral, em vias públicas ou rodovias, mediante a utilização de veículos automotores, bem como aquelas voltadas à prestação de serviços de logística, armazenagem ou integração multimodal. A sua base territorial compreende todo o Estado do Paraná, sendo composta por 9 sindicatos, com bases nas seguintes cidades: Curitiba, Ponta Grossa, Maringá, Francisco Beltrão, Dois Vizinhos, Foz do Iguaçu, Cascavel, Toledo e Guarapuava.
Compartilhe no Google Plus

Publicidade