Obras de Vladimir Kozák são atração no Museu Paranaense

Obras de Vladimir Kozák no Museu Paranaense.Foto:SEEC
A exposição “Índios do Brasil: A poesia das Imagens de Vladimir Kozák” está em cartaz no Museu Paranaense, em Curitiba, e traz vários trabalhos do artista, como pinturas, desenhos, aquarelas, fotografias, filmes e documentos que retratam os índios do Brasil entre as décadas de 1940 e 1950.

Oldemar Blasi, um dos pioneiros na arqueologia local, garante que a sensibilidade artística do artista merece ser vista, analisada e comentada, não só pela qualidade dos trabalhos, mas também pelo valor documental. A mostra fica aberta até 20 de janeiro de 2011 e tem entrada franca.

Nascido na Tchecoslováquia, em fins do século XIX, Kozák recebeu as primeiras noções de desenho, pintura e modelagem na comunidade de Bystrice pod Hostynem.

Além de artista, Vladimir Kozák foi engenheiro e pesquisador. Se radicou no Brasil em 1924 e faleceu em 1979, deixando seu valioso acervo para o Museu Paranaense.

Embora tenha se manifestado artisticamente por meio da aquarela, Vladimir destacou-se no desenho, na pintura a óleo e acrílica. Em geral, direcionou os temas das obras para a plumária, embora a temática humana esteja presente de maneira enfática nos quadros que retratam grupos indígenas - flagrados em inúmeras de suas excursões ao interior do Brasil, especialmente no Paraná. Além disso, o artista mostrou-se um hábil e atento fotógrafo e cinegrafista.

Serviço:

Exposição Índios do Brasil: A poesia das Imagens de Vladimir Kozák Museu Paranaense

Rua Kellers, 289 - Alto São Francisco

De terça a sexta-feira, das 9h30 às 17h30.

Sábados, domingos e feriados das 11h às 15h.

A mostra permanece aberta até 20 de janeiro de 2011.

Informações: (41)3304-3300. Entrada gratuita.
Compartilhe no Google Plus

Publicidade