O boletim Arte em Revista mostra esta semana um raro olhar na vida do cineasta espanhol Luis Buñuel.

A casa na Cidade do México onde o cineasta morou foi aberta ao público pela primeira vez. No local, uma exposição comemora o aniversário de 50 anos de Viridiana, seu polêmico filme sobre a vida sexual de uma freira. 


Casa onde Luis Buñuel morou na
Cidade do México foi aberta ao público
Em La Paz, na Bolívia, a colecionadora canadense Johanne Hanke mostra mais de 300 instrumentos musicais antigos que ela juntou em mais de 50 países.

Asmaa é um polêmico filme que estreou nas telas no Egito recentemente, e que trata de um tabu na sociedade. 


O filme conta a história de uma viúva com HIV que não consegue receber tratamento médico no país, devido ao preconceito.

Na Argélia, 26 artistas de 20 países estão participando do 3º Festival Internacional de Arte Contemporânea. Entre eles estão Oussama Tabti, da Argélia, e Pascale Marthine Tayou, de Camarões.
Compartilhe no Google Plus

Publicidade