Arqueólogos acham restos de soldado morto há quase 200 anos em Waterloo


Restos sugerem que jovem soldado era britânico e
morreu com um tiro no peito (BBC)
Quase 200 anos depois da batalha de Waterloo, na qual a França liderada por Napoleão foi derrotada pelos ingleses, arqueólogos belgas descobriram os restos quase intactos de um jovem soldado no local da batalha.

Junto com o esqueleto foram encontrados uma moeda, uma faixa de couro e um pedaço de madeira com as iniciais C. e B..

O esqueleto foi descoberto no território belga, em terras que estavam sob a posse de soldados britânicos na época da batalha e embaixo de quase 40 centímetros de terra, o que sugere que os outros soldados tentaram sepultar o jovem.

Mais de 12 mil soldados britânicos morreram em Waterloo, em junho de 1815.
Compartilhe no Google Plus

Publicidade