Balé Teatro Guaíra homenageia a coreógrafa Roseli Rodrigues

Fotos: CCTG.
O Balé Teatro Guaíra se prepara para apresentar dois sucessos de repertório “A Lenda das Cataratas” e “O Segundo Sopro”, que será em homenagem a coreógrafa Roseli Rodrigues, recentemente falecida. Os ensaios serão realizados nos dias 19, 20 e 21 de abril, das 19h30 às 22h30, no Guairão. As apresentações para o público serão nos dias 24 às 19h, com ingressos a R$ 5 e no dia 25, às 11h, também no Guaíra, com entrada franca. 

Serão realizadas também apresentações para escolas da rede pública de Curitiba e Região Metropolitana: dia 22 de abril às 10h e às 15h; no dia 23 às 15h e no dia 27 às 10h e às 15h. As inscrições podem ser feitas pelo telefone 3304 7921, com Shirley ou Anelise, ou através do e-mail btg@cctg.gov.pr.br. Todas as apresentações serão no auditório Bento Munhoz da Rocha Neto – Guairão. 

A coreografia de “A Lenda das Cataratas” foi composta em 2009, especialmente para comemorar os 40 anos da Companhia, por Rui Moreira , com música de Jaime Zenamon. O enredo é sobre a lenda caingangue que narra o surgimento das Cataratas do Iguaçu e o amor entre “Naipi e Tarobá”. O “Segundo Sopro”, um dos maiores sucessos de repertório da Companhia será apresentado para homenagear a sua criadora, a coreografa paulista Roseli Rodrigues, falecida no mês passado. 

Em “O Segundo Sopro” Roseli Rodrigues uniu o sentido dos elementos, vento, água e pedras em nove cenas: “Aurora”; “O Segundo Sopro”; “Corpus”; “A Partilha”; “Tetraktys”; “Uno”; “O Retorno”; “Aurora II” e “Harmon. Na última cena os bailarinos dançam sob uma cortina de chuva artificial, num palco coberto por um espelho de água. 



Roseli Rodrigues faleceu aos 54 anos em São Paulo, no mês passado vitimada por um câncer. Foi a criadora da Raça Cia de Dança, de São Paulo, que hoje tem 30 anos. Atuava também como diretora e coreógrafa do grupo. Ficou conhecida no meio artístico pela criação de grande trabalhos coreógrafos em musicais de teatro, shows de cantores, filmes e propagandas de televisão, como o espetáculo Tango Sob Dois Olhares, com o qual recebeu o “Prêmio Teatro de Dança em 2009”.
Compartilhe no Google Plus