“Devemos construir diques de coragem para conter a correnteza do medo.” (Martin Luther King)

Por uma Nova Política
* Gleisi Hoffmann



Incentivo às mulheres no poder
A participação feminina nos espaços de poder e ambiente de decisão ainda é muito restrita no Brasil. Nas últimas eleições, as candidaturas femininas representaram apenas 21,34% do total. Apesar das mulheres serem 52% do eleitorado do País e terem maior nível de escolaridade, poucas ocupam cargos de maior hierarquia.

Para incentivar a participação das mulheres nestes espaços, o Governo Federal, por meio da Secretaria de Política para Mulheres, em parceria com o Conselho Nacional de Direitos da Mulher e com o Fórum Nacional de Instâncias de Mulheres de Partidos Políticos, criou o site Mais Mulheres no Poder. Acesse o site e conheça essa importante ferramenta de incentivo e divulgação das lideranças femininas.

PAC e as ações para 2007-2010
O décimo balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) divulgado na última semana pelo Governo Federal, mostra que até abril deste ano, 46,1% das ações do PAC já foram cumpridas, o que representa investimentos de R$ 302,5 bilhões, do total previsto de R$ 656,5 bilhões, para o período de 2007-2010.

No balanço anterior, divulgado em dezembro de 2009, o percentual era de 40,3%. Na área de habitação e saneamento esse percentual chega a 69,4%, o que significa R$ 158,8 bilhões de R$ 228,7 bilhões. Somente com logística as ações somam R$ 46,1 bilhões, dos quais R$ 32,9 bilhões em 5.331 quilômetros de rodovias. Na área de ferrovias foram concluídos 356 quilômetros no valor de R$ 1,15 bilhão. E os investimentos no Programa Luz para Todos já alcançaram a meta em 18 estados e a meta adicional em mais três, com aplicações totais de R$ 4,6 bilhões.

Luta contra cigarro
No último dia 31 foi celebrado o Dia Mundial Sem Tabaco e a lei já mostra resultados positivos. Em Curitiba, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, em seis meses de lei antifumo, apenas 49 lugares foram autuados, dos 12 mil estabelecimentos vistoriados. Esse ano a Organização Mundial de Saúde (OMS) elegeu como tema do Dia Mundial, “Tabaco e gênero”. O objetivo é conscientizar os riscos do cigarro às mulheres, que já representam 20% do total de fumantes no planeta, sendo cerca de 9,8 milhões de brasileiras. Segundo dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), em 2008, 7.435 brasileiras morreram da doença.
 

Gleisi Hoffmann é advogada e integra o Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores. Conheça o site: www.gleisi.com.br. Contato: contato@gleisi.com.br

Compartilhe no Google Plus