Natália Portugal é a Garota Mais Bela do Verão 2011

Natália Portugal
Natália Portugal desbancou 1.539 meninas e foi escolhida pelos internautas como a mais bela deste verão. A votação, aliás, foi histórica: a moça conquistou quase a metade dos mais de 50 mil votos

Nem a chuva torrencial que caía em Curitiba na tarde da última terça-feira conseguiu tirar o bom-humor da pontagrossense Natália Portugal, 25 anos. Ela foi eleita a Garota Mais Bela do Verão 2011 com 23.033 dos 50.930 votos. De sorriso fácil, conversa farta e nenhum pingo de cansaço depois da viagem e de parte da entrevista, ela chegou ao estúdio de fotos distribuindo beijos e simpatia.  

Diante das lentes do fotógrafo e agente de modelos Ygor Botelho Rodrigues, Natália tratou de exibir uma coreografia pronta de poses e carões. A naturalidade se explica: ela é veterana. Começou nos concursos de beleza aos 13 anos, contrariando os colegas de escola que a apelidavam de “magrela” e “Olívia Palito”. A aposta deu tão certo que, em 2008, foi eleita Miss Paraná, viajou o Brasil trabalhando e passou até uma temporada em São Paulo e no Rio de Janeiro no ano passado. A propósito, por lá, participou de cenas das novelas globais Passione e Ti-Ti-Ti, em que foi modelo de Victor Valentin, o estilista espanhol interpretado por Murilo Benício. Apesar das boas oportunidades, Natália voltou para casa. Estava com saudades. 

De volta, resolveu que seria a gata de praia do concurso promovido pela Gazeta do Povo. A moça conta que fez campanha forte por votos nas redes sociais e nos programas de rádios de Ponta Grossa. “O bacana é que, na final, muita gente veio me chamar para entrevistas e eu pedia votos mesmo.” O mais empenhado nos últimos dias, porém, foi o pai de Natália, Dalmo. “Ele não parava de votar um minuto. Tanto ele quanto minha mãe sempre me deram muito apoio na profissão”, conta Natália, que revesava com o pai os turnos diante do computador. Agora, com mais um título em mãos, Natália pretende investir na carreira de modelo. “O concurso já é bastante conhecido em todo o estado e foi uma honra estar entre as três primeiras. Agradeço ao público pela oportunidade.”

Apesar da força dos pais, é a moça quem cuida dos trabalhos e negocia os cachês. “Sou eu quem decide tudo.” Tudo mesmo. Não ouve nem os desmandos do namorado. “Nunca deixo de fazer as minhas coisas por alguém achar ruim”, diz decidida. 

Beleza - Curvas e carinha de boneca
Natália será agenciada pela Ford Models Paraná e pretende seguir a carreira como modelo comercial – mais focada na publicidade. Cursos de atuação também estão nos planos. Tanto o fotógrafo Ygor Rodrigues, quanto o maquiador Maurício Pereira e o diretor artístico Marcos de Góis ressaltaram que o perfil dela é ideal para este tipo de mercado: corpo curvilíneo, rosto delicado, boa expressão e desenvoltura para fotos. “Mas nada impede que ela siga também para desfiles. A moda hoje é muito dinâmica”, ressalta Rodrigues, que enfatizou que ela tem potencial até para fechar contratos internacionais, principalmente na Ásia. 

O maquiador disse que o rosto de “bonequinha” de Natália agrada ao setor publicitário e que seus traços são bastante simétricos. Além disso, destacou como pontos fortes os olhos verdes da ganhadora. “Ela tem olhos lindos, com cílios longos e fartos. Ela parece ter nascido com cílios postiços”, brinca. Daqui para frente, Natália quer se focar mais no trabalho. E vai até “a idade que der”. Como é formada em Design de Moda pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), ela quer abrir no futuro uma confecção para crianças. “Carreira de modelo um dia acaba, mas farei de tudo para ter ótimas recordações.”

A produção - Mãos na tesoura e outros cuidados
Durante a sessão de fotos para o book da Ford Models Paraná, Natália enfrentou sem medo a proposta do maquiador Maurício Pereira: cortar um palmo do seu cabelo. Sem pestanejar, logo disparou um “pode cortar”, e gostou do resultado. De quebra, ganhou uma dica: nunca deixar o cabelão comprido demais e mantê-lo reto na parte de trás. Fica mais fácil na hora de arrumar trabalhos. 

A maquiagem “de bonita”, segundo ele, teve a pele preparada com hidratante e base líquida. “Passar o hidratante antes deixa o resultado com ar ainda mais leve.” Depois, Pereira marcou o côncavo dos olhos com sombra cinza perolada, blush nas maçãs do rosto para dar um ar saudável e batom cor de boca. Não precisou nem mexer nos cílios, já que Natália já havia caprichado na máscara antes de chegar. “Não fico sem rímel. Hidratante é outro cuidado, passo todos os dias.”

Como qualquer mulher, Natália sempre está querendo perder uns quilinhos, mas só faz dieta perto de concursos. Para manter o peso e o corpo bonito, ela frequenta a academia sempre que está com a rotina mais fixa – só que faz exercícios por necessidade. “Gostar é difícil, né? Mas é preciso. Não é mais igual a quando eu tinha 15 anos, que não precisava fazer nada para ser magra.”

Reportagem de 
Isadora Rupp
Gazeta do Povo 
Veja o video aqui 
Compartilhe no Google Plus