Alunos de faculdades de arte de Curitiba fazem mostra no MAC

Fotos: SEEC
Com o objetivo de aproximar as instituições de ensino de arte em Curitiba, professores, alunos e as práticas museológicas, o Museu de Arte Contemporânea, espaço da Secretaria de Estado da Cultura, organiza a segunda edição do “Possíveis Conexões”.

A exposição, com abertura no dia 7 de outubro, às 18h30, conta com a participação dos alunos da Escola de Música e Belas Artes (Embap), Universidade Federal do Paraná (UFPR), Universidade Tuiuti (UTP) e Faculdade de Artes do Paraná (FAP) e fica em cartaz até o dia 13 de março. A entrada é gratuita.

A mostra coletiva traz a oportunidade aos alunos de exporem num espaço importante das artes plásticas em Curitiba, de terem contato com sua estrutura de funcionamento e com o processo de montagem de exposições.

Além de aproximar as quatro instituições que possuem cursos de artes visuais na cidade, possibilitando a troca de experiências entre os professores e os alunos selecionados para participar do projeto durante o processo curatorial.

Cada instituição teve seu processo de seleção de trabalhos para a exposição, tendo critérios próprios de escolha e quantidade de propostas selecionadas.

A Embap participará da coletiva com nove propostas de alunos da graduação e pós-graduação, selecionados pelos professores Deborah Bruel e Fabricio Vaz Nunes, Pedro Gória.

A seleção deu prioridade àqueles que “demonstram maior maturidade poética, fruto de uma pesquisa plástica consistente”, explica Deborah. 
 
No curso de Artes Visuais da UFPR, a comissão de seleção foi formada pelo professor Paulo Reis e as professoras Consuelo Schlichta e Debora Santiago. Foi selecionado um conjunto de pesquisas com diversas discussões artísticas - performance, pintura expandida, desenho, fotografia e intervenção no espaço.

Na FAP, os professores André Rigatti, Artur Freitas, Flávio Marinho e Mauren Teuber realizaram a seleção. Entre mais de 40 inscrições, foram selecionados 27 projetos com trabalhos em pintura, gravura, instalação, intervenção, vídeo, objeto e fotografia.

A seleção e escolha dos projetos deram prioridade o desenvolvimento e o comprometimento das pesquisas, demonstrando maior atenção às questões contemporâneas de um processo poético.

O processo de seleção da UTP foi realizado através de edital mediante apresentação de portfólio com memorial descritivo e fotos. Depois de selecionadas as obras do edital, foram dirigidos convites específicos, de acordo com a indicação dos professores, aos alunos que já se destacam no meio profissional ou que tenham apresentado uma produção significativa no transcorrer das disciplinas práticas. A professora Cristina Mendes é representante da UTP na curadoria da exposição.



Serviço:


Abertura da exposição Possíveis Conexões II.

Dia 07 de outubro, quinta-feira, às 18h30

Museu de Arte Contemporânea

Rua Des. Westphalen, 16

Horário de visitação: terça a sexta-feira, das 10h às 19h.

Sábados e domingos das 10h às 16h.

A mostra fica em cartaz até o dia 13 de março de 2011. Entrada franca.
Compartilhe no Google Plus