Pianista interpreta peça inédita de Debussy no Museu Paranaense

O Projeto Música nos Museus, da Secretaria de Estado da Cultura, apresenta recital de piano e canto com Raul Passo (foto) e a mezzo-soprano inglesa Penelope White. A novidade desta edição, que acontece quarta-feira (27), às 18h30, no Museu Paranaense é a composição Les Soirs Illuminés par l’Ardeur du Charbon (As noites iluminadas pelo ardor do carvão), última peça escrita por Debussy e nunca antes apresentada no Brasil.

Também estão no programa peças do Poulenc e Satie, como Je Nommerai ton Front e Le Chapelier, respectivamente. A apresentação tem uma hora de duração, com classificação livre e entrada franca.

A escolha do repertório foi de acordo com a afinidade musical de Raul e Penolope que têm preferência pelos compositores franceses da primeira metade do século 20. “De certa maneira, o começo do século passado foi o ápice do desenvolvimento da linguagem musical e, infelizmente, é pouquíssimo explorado no Brasil”, comenta Raul. No recital didático, os presentes poderão saber mais sobre os compositores e contexto histórico da época. “Quando o espectador conhece o que está ouvindo, aprecia a música de maneira diferente”.

Raul Passos

Diplomado em Composição e Regência pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, no piano, ao longo de 17 anos, recebeu instrução de Vivian Siedlecki. Na Universitatea Natională de Muzică din Bucuresti (Romênia) estudou ainda com Veronica Gaspar, Manuela Giosa e Steluta Radu.

No exterior, se apresentou em Bucareste e nas cidades de Ploiesti e Brasov, na Romênia, em recitais dedicados quase exclusivamente à música brasileira. Paralelamente, aprimorou-se em composição com Sorin Lerescu. Também na Romênia, sua suíte para piano a quatro mãos “Cartas Romenas” foi executada durante a “XIX Semana de Música Nova de Bucareste”.

Em 2001, aos 18 anos, foi laureado com o 1o lugar no Concurso Latino-Americano de Piano “Rosa Mística”. Entre 2003 e 2005 foi corresponsável por um projeto de redescoberta e divulgação da obra de Brasílio Itiberê. Paralelamente à sua atividade de palco, é pesquisador da Universidade Rose-Croix Internacional e colabora regularmente com a revista romena de música contemporânea Nº 14 Plus Minus.

Penélope White

Penelope iniciou sua formação vocal em 2002 com o professor Nicholas Powell em Londres, Inglaterra. Desde então, frequentou Master Classes de alguns dos principais cantores e correpetidores do mundo. Ao longo da sua carreira, apresentou-se na Suíça, Itália, Inglaterra, Brasil e nos Estados Unidos, realizando mais de 25 recitais com composições de Fauré, Debussy, Poulenc, Vierne, de Falla, Rodrigo, Purcell, Gurney, Villa-Lobos, Henrique, Guarnieri, Schubert e Schumann.

Música nos Museus

O Música nos Museus é um projeto da Secretaria de Estado da Cultura que mensalmente apresenta uma atração musical do Paraná em seus espaços de exposição. A idéia é contemplar todos os gêneros musicais, buscando como critério principal a qualidade dos músicos.

Para a Secretária de Cultura, Vera Mussi, essa é uma oportunidade de reunir num só espaço música e outras artes. “O projeto trabalha a excelência dos instrumentistas do nosso estado em espaços não convencionais para espetáculos musicais. Assim, podemos aproximar o público dessas duas linguagens artísticas numa ação de integração cultural”, diz.

Serviço

Música nos Museus - Recital de música com Raul Passos (pianista) e Penélope White (mezzo-soprano)

Única apresentação nesta quarta-feira, dia 27, às 18h30

Museu Paranaense (Rua Kellers, 289 - Centro Histórico)

Entrada franca

Classificação etária: livre

Sugestão de Box:

PROGRAMA

POULENC - Miroirs Brûlants

Tu Vois le Feu du Soir

Je Nommerai ton Front

DEBUSSY - La Sérénade Interrompue

La Danse de Puck

DEBUSSY - L’Âme Evaporée

Voici que le Printemps

C’est l’Extase

DEBUSSY - Les Soirs Illuminés par l’Ardeur du Charbon (primeira audição no Brasil)

SATIE - Trois Chansons de 1916

La Statue de Bronze

Daphénéo

Le Chapelier
Compartilhe no Google Plus